quarta-feira, abril 05, 2006

Ys III para PS2


Após procurar por um bom tempo (fiquei entusiasmado por conta do Ys VI) finalmente consegui achar tempo para jogar o Ys III de PS2.


Para os poucos que não conhecem a série, Ys começou como um RPG de ação 2D no final dos anos 80, com versões para Sega Master System, MSX, Turbografx-16 CD, Famicom e mais uma série de versões para computadores e videogames japoneses obscuros. Você pode conferir uma lista razoavelmente correta das versões aqui.

Ys III, curiosamente, é o único jogo da série com estrutura de jogo de plataforma.


Primeiras impressões: wow! Música remasterizada. Gráficos Hi-Res. Retratos gigantes dos personagens em estilo anime quando falam, como no Ys VI. Vamos começar o jogo...

Ah, legal, todas os textos são falados (sim, em japonês, mas quem ainda não decorou o texto de Ys III?). Nusga, até o Adol fala!

Vamos entrar na cidade... Er, cadê os 400 layers de scroll paralax [1] que eram marca registrada do Ys III em quase todas as versões [2]? E por que a tela dá um scrollzinho de nada e muda de cena?

Bom, vamos começar o jogo, a coisa deve melhorar depois. Como sei o que fazer de cor, comprei as armas necessárias, achei o povo no começo da vila que fala sobre o desastre na mina e fui embora.


Hmm, cool, o combate não é mais aquele "balance a espada como se fosse uma banana e encoste nos inimigos". Mas peralá, cadê meu scroll paralax? Vamos entrar na mina, as coisas devem melhorar lá.

Ah, bonitos os gráficos. Vamos andar um pouquinho. Epa, cadê o scroll? Não, não o paralax, o scroll fino mesmo, cadê? Trocaram meu PS2 por um MSX2 [3]? A caverna funciona com sistem de scroll FLIP SCREEN!

NOOOOOOOOOO.....

Vamos andar um pouco mais pela caverna. Continua flip screen. E as telas repetem. Os estagiários que fizeram o jogo nunca ouviram falar de tilemap?

Um hora de jogo depois, passei os dois primeiros bosses do jogo (são bonitos, mas nada de scroll, ARGH) e larguei o jogo. Se a preguiça não fosse tão forte eu voltaria a jogar a versão do PC Engine. UPDATE: estou fazendo isto, jogando no excelente emulador de PCE para o Xbox, MednafenX.



Enfim, é uma aquisição que não vale a pena, sequer as músicas remixadas são boas. Malditos estagiários que pensam que o PS2 é um MSX2 com alta resolução.

Para quem não lê japonês (é tão fácil, todo mundo deveria saber) ou não conhece as outras versões do jogo existe um walkthrough que serve para a versão do PS2 aqui.

[1]Paralax Scroll: Check the mighty Wikipedia.

[2] De cabeça, a única que lembro que não tem scroll paralax é a versão de Famicom.

[3] Sim, eu sei que a versão do MSX2 tem um paralax impressionante pro estado da arte no sistema, mas, pra quem não sabe, MSX2 não tem scroll horizontal fino por hardware, por isto temos Contra e Castlevania com scroll flip screen no sistema. Deplorável.

5 comentários:

PD disse...

Primeirão nessa porra!

Ryumaki disse...

Bom menino! Ganha um biscoito Scooby!

SauloSan disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
muriloq disse...

O Ys (Ís! Ís! Não "ípsilon-esse", não "uáis", "Ís") de PSP já está funcionando no firmware 1.5 !

Agripas disse...

Ah, mas é um remake do "Uáis" VI do PS grandão, que eu já joguei até cansar :-(